Em busca da barriga perfeita?

Se segunda-feira é o dia oficial do início da dieta e dos exercícios, siga a nossa dica e inclua a prática de abdominais. Nesta série, o intervalo entre os abdominais é de dois minutos e o número de repetição varia conforme o seu nível (confira no final da imagem). No site neilarey.com tem várias outras séries de exercícios e dicas de saúde. Boa semana!
code-of-abs-workout

Tap Dance

Além de uma alimentação balanceada, exercícios físicos também são garantias de uma vida com saúde e mais disposição. Mas se você não é muito chegada a malhar na academia, uma ótima opção é investir em aulas de dança. Uma das danças mais legais e divertidas é o sapateado americano (ou tap dance). Esse tipo de dança foi introduzida nos Estados Unidos no século 19 e era dançada pelos escravos, que já tinham um estilo de dança próprio baseado nos sons corporais, mesclados com os estilos de sapateado dos imigrantes irlandeses e colonizadores ingleses.

A partir da década de 30 o sapateado ganhou força e popularidade com os grandes musicais, que contavam com a participação de nomes como Fred Astaire e Ginger RogersGene KellyVera-Ellen e Eleanor Powell. Depois de um período de declínio do final da década de 50 ao início dos anos 70, nomes como Gregory Hines e, em especial, Brenda Bufalino (diretora da American Tap Dance Foundation) revitalizaram o sapateado americano, impulsionando toda uma nova geração, de onde surgiram nomes como o do grande astro Savion Glover, que “interpretou” o pinguinzinho da animação Happy Feet.

O sapateado exige coordenação motora, ritmo, agilidade e inteligência. As sequências de passos costumam ser dinâmicas. A dança faz bem para o coração, resistência, força, equilíbrio e memória. Trabalha principalmente a região do bumbum e das pernas, queima cerca de 400 calorias em uma hora de aula e ainda é divertido pacas!

Abaixo, separei alguns vídeos para você sentir a essência dessa dança.